Coloridinhas

             

26 fevereiro 2014

Um livro inspirador que todos deveriam ler: Craft Activism

Li o Craft Activism há um bom tempo. Não é daqueles livros fáceis de serem resenhados, sabe? Quem é como eu e curte muuito trabalhos manuais, vai se apaixonar a cada página. São muitas as coisas que se passam pela nossa cabeça quando estamos lendo.
Antes de qualquer coisa, devo dizer que o livro ainda não foi traduzido para o português. Mas, para os que querem começar a ler em inglês, esse é uma ótima opção. Foi o meu primeiro nessa língua, acreditam?! Por não ser literário, não tem aquele monte de adjetivos que a gente não conhece, então fica tranquilo!
"Tricotar é político"
Uma tradução livre de Craft Activism seria algo como Ativismo Artesanal ou Artesanato Ativista. Leva esse nome, pois conta diversas histórias de pessoas que resolveram usar aquilo que produziam para algo mais, além das funções básicas: enfeitar, decorar, servir para alguma utilidade doméstica ou da rotina. As histórias são de pessoas que resolveram falar coisas á cidade e ao mundo.

O livro é divido em cinco partes com temas. Em cada parte, lemos uma introdução, depois várias histórias lindas. Ao final de cada história, tem um passo a passo de uma das peças que apareceram nas fotos. Poréééém, o foco não é o passo a passo, de forma que se você não é familiarizado com as técnicas, não é assim muito fácil.. O bom mesmo é ler sobre a vida de pessoas tão inspiradoras e esquecer que existe passo a passo. Tá bom.. não esquecer, mas saber que não é o foco da coisa! :)
A primeira parte é sobre pessoas que usam o artesanato para dizer coisas. Fala um pouco sobre yarnbombing, que é super legal e bonito de se ver! A história de que mais gostei foi a da Carolyn Mazloomi, que resolveu reunir várias mulheres negras ao redor do mundo e fazer mantas usando a técnica do quilt e patchwork para contar histórias. É um trabalho lindo de se ver.
A segunda parte é sobre trazer o passado de volta. Relembrar antigas técnicas de artesanato que já estavam ficando esquecidas. Tem uma história sobre Granny Squares por lá que tenho certeza de que vocês vão gostar!
Na terceira parte, somos apresentados ao Red Scarf Project, que reúne artesãos do mundo todo que fazem artesanato por uma causa. Fazem cachecóis vermelhos para aquecer o inverno de crianças e adolescentes. 
A quarta parte é sobre reutilização e reciclagem. E a quinta, sobre construir uma comunidade craft. São várias pessoas unidas que se apoiam, trocam experiências sobre uma ou mais técnicas. O exemplo que eles usam no livro é o das pessoas que criaram o Ravelry, que já foi comentado aqui no blog!
Como já mencionei antes, o livro é extremamente inspirador. Dá vontade de iniciar vários projetos diferentes. Acredito que por meios criativos, podemos chamar atenção de muitas pessoas para vários assuntos importantes e que são negligenciados, esquecidos. Por meio de trabalhos manuais, podemos gerar discussões, causar polêmica. Basta ter uma intenção.
Não necessariamente precisamos ser super ativistas para levantar bandeirinhas por meio das nossas artes! Podemos servir de inspiração para pessoas que sempre quiseram criar com as próprias mãos, mas nunca deram o primeiro passo; podemos dizer com as nossas peças: "faça você mesmo, compre menos"; podemos compartilhar bons momentos e experiências com outras pessoas, ensinando, aprendendo, conversando, nos reunindo. E podemos também fazer coisas grandiosas, como os exemplos citados no livro. É lindo! Quem quiser e puder, leia!

E aí? Pipocou alguma super ideia na sua cabeça? Conta aí nos comentários! ;)

10 comentários:

  1. Bianca, que livro mais lindo e especial, fiquei mesmo com vontade de ler! Acho que o artesanato tem mesmo isso de mexer com o coração da gente e de nos estimular a espalhar coisas boas por aí ♥

    Obrigada pela indicação ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem mesmooo! :)
      Lê sim! Você vai adorar! ^^

      ;**

      Excluir
  2. nossa eu AMEI :)
    quero muito ler.

    Dá pra baixar, ou comprar? (se sim, onde?) - nunca baixei ebooks :S

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá sim, Jess! Te mando por e-mail, se você quiser! :D

      Excluir
  3. Adorei a dica e em troca deixo outra: The invention of wings da Sue Monk Kidd. Ela conta a história do movimento abolicionista nos Eua e uma das protagonistas usa a tecnica do patchwork para registrar sua história como escrava.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dica anotada!! :D
      Ha! Tem um livro dela aqui em casa, mas não li ainda! Se chama "A Sereia e o Monge". Vou ver se gosto da escrita dela e procuro esse que você recomendou logo em seguida! ;)

      ;***

      Excluir
  4. Adorei a dica.

    Vou pesquisar e dar de presente pra minha mãe, ela gosta dessas coisas demais.

    Bjs

    ResponderExcluir

Hey!
Obrigada pelo comentário!

Tenho sempre o maior prazer de compartilhar informações, idéias.. você é sempre bem vindo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...