Início Eu :) Recomendo Image Map

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Como fazer: Vela de Massagem

Geeeeeente que coisa mais incrível é essa vela!
Não me lembro qual foi a primeira vez que vi uma vela assim, mas me lembro que foi dessas coisas assim que parece que provocam min explosões na nossa cabeça! Como assim vela de massagem?
Pra quem não conhece, eu explico: é uma vela que a gente acende como outra qualquer, mas que a cera derretida pode ser usada como óleo de massagem. Pois é! Lindo assim desse tanto!

Fui logo correndo ver se tinha algum tutorial por aí pelas internês. Só encontrei em inglês e um dos ingredientes era cera de soja. Descobri que o mistério todo é esse: A cera de soja derrete a uma temperatura mais baixa que a parafina. Assim, quando usamos a cera derretida, ela está apenas morna. Por isso, não queima a pele e podemos usar para massagear inclusive bebês, pois todos os ingredientes da fórmula são naturais! :)
A saga da procura pela cera de soja não teve fim. Na época eu tinha medo de comprar online e acabei deixando de lado a ideia de fazer eu mesma a bendita vela. Acontece que na semana passada fui fazer uma visita a uma loja daqui de Brasília que frequento. Queria comprar materiais para um lip balm e não é que me deparo com uma tal de cera ecológica? Essa cera, segundo a dona da loja é feita à base de vegetais apenas, então pode ser usada inclusive para cosméticos veganos. Comentei que queria fazer uma vela de massagem e a atendente mega gentil ainda me passou uma receita maravilhosa! E é essa que vou passar para vocês agora.
Ingredientes:
  • 45g de cera vegetal (a dona da loja disse que pode usar cera de abelha também que dá muito certo. Fica a opção para quem não encontrar a vegetal);
  • 20g de manteiga de Karité;
  • 100mL de óleo de semente de uva;
  • 50mL de óleo de amêndoas doces;
  • 30mL de essência para cosméticos. Eu escolhi essência de algodão e ficou uma delícia! (certifique-se de que pode ser usado sob a pele);
  • Pavio para vela;
  • Potes de cerâmica, vidro, alumínio. Escolhi dois ramekins pequenos e uma mini molheira, que achei que seria perfeita para derramar a cera na hora da massagem.
Os procedimentos são super simples, olha só: derreta em banho maria a cera e a manteiga, depois acrescente os óleos e a essência até ficar tudo em estado líquido. Depois encha os potinhos com a mistura e coloque o pavio centralizado. Como os potes que escolhi são curtinhos, não precisei apoiar o pavio, mas se o seu estiver caindo, pode usar dois palitos de picolé, como eu fiz nesse outro tutorial.

Depois é só esperar secar e tcharans! Estão prontas! Foram quatro velas ao todo. Já quero sair fazendo um trilhão pra presentear todo mundo que conheço! Calculei um valor aproximado de custo e cada uma saiu por um pouco menos de R$8,00. Claro que se o potinho usado for mais barato, esse preço diminui consideravelmente.
Para usar, não tem mistério: só acender, esperar a cera derreter um pouco e usá-la para massagear. Como a temperatura não é alta, pode ser derramada direto sobre a pele. Caso alguém fique com receio de a chama da vela queimar, é só apagar antes de usar a cera. Bem simples assim.

O mais legal é que por conter manteiga e óleos vegetais, ela é mega hidratante! O óleo de semente de uva, que está em maior quantidade, é rapidamente absorvido pela pele, de forma que depois da massagem não fica aquela sensação tão pegajosa quanto alguns outros óleos. Fica só de leve, assim como outros óleos/cremes de massagem que já usei e gostei.

Se ficou alguma dúvida, é só deixar nos comentários! E quem fizer a vela usando esse tutorial, me mostra foto? E depois conta o que achou? :)

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Aconteceu no #DesafioDIY2014 em Setembro

Antes de falar sobre a técnica do mês e mostrar as criações do pessoal do grupo, quero dizer que essa semana atingimos mais de 1000 membros! :)
Todos interessados em serem mais criativos, conhecerem mais técnicas de trabalhos manuais, compartilharem experiências e colocarem a mão na massa! É muitooo legal ver o grupo crescendo e perceber que o pessoal lá se respeita muito e se ajuda com tudo quanto é demanda que surge! Pretendo continuar com o projeto no ano que vem e com mais membros a moderação do grupo se torna mais desafiadora, mas também cheia de novas possibilidades!

Em Setembro a técnica escolhida para o desafio foi a da estamparia manual! No começo do mês foi uma bagunça! Muitas dúvidas, todo mundo se ajudando e alguns já se aventurando. Talvez por ter sido um dos meses mais desafiadores, tivemos poucos aventureiros em setembro. Porém, todos esses se superaram de uma maneira incrível! Vem ver só que coisas lindas:

  Laís  
  Francieli  
  Pâmela  
  Mari  

Viram que maravilha?! ^^
Quero deixar meu agradecimento a todos os que fazem parte do grupo, mesmo que só nos bastidores, comentando, curtindo, compartilhando links úteis! Vamos continuar enchendo nossas vidas de manualidades!

Se você também quiser fazer parte desse grupo lindo e maravilhoso, é só clicar no link abaixo!

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Bolo de Canela e amêndoas na Caneca

Aeeee! Finalmente chegou a receita desse bolo, depois de fazer um monte de gente passar vontade no instagram (@twobee_) com a foto desse lindo maravilhoso!
A receita foi adaptada de um livro da minha avó! Ela fez num almoço de sábado, eu adorei e pedi pra copiar! Depois de olhar as proporções por um tempo, achei que valia a tentativa de adaptar e levar essa delícia pra caneca no microondas! E não é que ficou bom?
Ingredientes

  • 1 ovo;
  • 5 col. sopa de leite;
  • 3 col. sopa de manteiga derretida;
  • 8 col. sopa de farinha de trigo;
  • 3 col. e meia de sopa de açúcar;
  • ½ col. sopa de canela;
  • Pitadinha-inha-inha de sal;
  • Amêndoas em lascas (opcional);
  • 1 col. chá de fermento químico.
Para fazer, é só colocar todos os ingredientes em uma tigela, na ordem em que aparecem na lista, e bater com um fouet - também conhecido como batedor manual ou batedor de claras. É um item maravilhoso pra quem curte fazer desses bolos de massa menos pesadas.
Quando estiver tudo homogêneo, é só despejar o conteúdo em canecas. No meu caso, a receita rendeu 3 canecas médias. Mas, sempre vai depender do tamanho delas. Coloque a massa apenas até a metade da caneca e leve ao microondas por aproximadamente 1 minuto. No microondas daqui de casa, dá exatamente um minuto, mas dependendo da potência, pode levar mais ou menos tempo. Então, você tem que testar e ver como é melhor pro seu forno.

Caso sobre pouca massa, não recomendo encher alguma caneca além da conta, porque ninguém quer ter que limpar bolo que escorreu no microondas, né? Eu gosto de distribuir em xícaras de chá ou de café. Ficam uma gracinha. Aqui em casa é perfeito, pois minha Moin não é tão fã de doce, mas sempre quer provar as coisas que eu faço. :)
Ele fica super macio e levinho, mesmo depois de frio!
A minha avó recomenda fazer uma calda de açúcar e canela pra jogar por cima e comer quente, com uma bola de sorvete! Bom demais!

Pra quem não curte canela, já postei no blog outras receitas de bolo de caneca. Pra ver é só clicar nos links: 

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Um dia ainda lerei todos aqueles livros

Dia desses, olhando para minha estante de livros, me percebi pensando sobre o quanto quero ler aquele ou esse livro que parece ser muito incrível, ou que alguém muito maravilhoso recomendou, ou que é de um autor que sempre quis ler, ou que é um grande clássico, ou que tem o filme que eu adoro. Mas, assim como deixo no prato pra comer no final a comida de que mais gosto, acabo deixando os livros mais incríveis pra depois. Fico à espera do grande dia aonde vou sentir uma espécie de experiência cósmicamísticatranscedental, o livro vai me olhar e a gente vai sentir uma conexão profunda e vou saber que aquele é o momento certo do nosso encontro.
Cara de "aaaai que emoção esses livros lindooooos"
Acontece que esse momento nunca chega. E eu deixo de experienciar coisas lindas por causa dessa vontade de deixar o melhor pro final.
Mesmo agindo assim, tenho plena consciência de que a vida é agora e de que não vão faltar livros incríveis para serem descobertos até o final da minha vida. Então, resolvi registrar aqui em um post o meu compromisso de ler os livros que se não fosse a limpeza semanal, estariam jogados às traças, tudo porque são TÃO maravilhosos. Dá pra punir algo assim só porque era maravilhoso? Não dá!
Então, a meta é a seguinte: hoje é dia 10/09/2014 e estou me comprometendo por escrito, perante todos vocês, a ler os livros incríveis da minha estante até o mesmo dia e mês no ano que vem. E para não ficar só no mundo das ideias, essa é a lista dos livros que vou incluir nas minhas leituras até a data prevista:
O Conde de Montecristo
A Sangue Frio
A Hora das Bruxas I e II
O Morro dos Ventos Uivantes
Boudica
Agora tenho um desafio pra fazer! Quero que você pense também quais são os livros que está deixando pra depois e que escolha alguns deles para ler dentro do período de um ano, a partir da data que você fez essa reflexão.
E aí me conta quais são e quais você recomenda (mesmo sem ter lido ainda.. hehehe). Sou super curiosa com essas coisas.