Coloridinhas

             

04 março 2016

O meu planner feito em casa + uma página diário free para download! ♥

No final do ano passado eu decidi: faria a minha própria agenda!
O projeto começo despretensioso, só com a ideia. Mas, quando tenho uma ideia de algo que quero realizar, me torno uma pessoa extremamente obsessiva e parece que não descanso até realizar o que planejei! Hahaha
Comecei a pesquisar sobre o assunto em tudo quanto é lugar, passei a anotar sempre que tinha alguma ideia e também prestei bastante atenção na minha rotina pra perceber do que eu precisava em uma agenda.

Aí, passei para o planejamento que durou um bom tempo também! Fiz mini desenhos do que ia ter em cada uma das páginas, depois sentei por horas e horas e horas na frente do computador, criando cada uma das páginas no Illustrator, já que não tenho aqui o InDesign, que algumas pessoas dizem ser melhor pra essas coisas! :)
Acho que a escolha da capa foi uma das coisas mais difíceis, porque primeiro pensei que queria algo bem colorido que lembrasse a minha paredinha de triângulos, mas depois mudei tudo e quis algo mais sóbrio! Logo lembrei desse quadro do John Waterhouse, artista que adoooro, e não tive dúvidas!

Aqui estão mais algumas fotos do que vem por dentro do Planner! :)
Ainda quero vender arquivos do planner em uma loja virtual. Mesmo estando em março, algumas pessoas demonstraram interesse. Então, aguardem notícias que em breve vai ter lojinha com planners imprimíveis! ♥

Enquanto a loja não chega, queria dar pra vocês um presentinho. É a página do planner que uso diariamente. Ela é universal.. basta que você anote no topo a data e o dia da semana! Pode usar todos os dias, ó:
Pra fazer o download, você precisa pagar. Mas, não com dinheiro. Sim com um post no facebook ou no twitter! Assim, além de você ganhar um planner diário pra te ajudar nos seus dias, você ainda me ajuda a divulgar o blog e meu trabalho. De quebra, ajuda também seus amigos que podem estar precisando de um desses pra se organizarem! Legal, né? ♥
É só clicar nesse botão:
Algumas pessoas têm dificuldade, então vou explicar melhor: depois de postar, você vai ter acesso a uma página do google drive com o planner. Pra salvar ele no seu computador, basta encontrar no menu superior, o símbolo de uma seta apontando para baixo, e clicar nela! :)

E se você não viu o vídeo que eu publiquei mostrando cada uma das páginas do planner, é só assistir agora! Aproveita e se inscreve no canal! ^^

20 fevereiro 2016

A parede do meu Home Office! ♥

Yey! Publiquei na última quinta feira, o vídeo contando sobre o meu mini escritório, carinhosamente chamado de Bibículo pelas pessoas daqui de casa! :P

Vim aqui contar um pouquinho mais sobre como surgiu essa parede com losangos (?) dourados aí! Para mais detalhes, veja o vídeo no final do post, tá?

Eu tinha um espaço bem pequeno para deixar com a minha cara. Pensei em pintar formas geométricas coloridas (mas já tinha a minha paredinha de triângulos, então desisti), pensei em colocar papel ou adesivo de parede, mega estampado, mas pesquisei os preços e não curti muito. Depois de ver muuuitas inspirações no Pinterest, decidi que pintaria as paredes de uma cor só e que faria alguma coisa diferente pra ficar legal também como fundo de vídeos.
Lixei a parede toda (que antes tinha uma textura de área externa), passei massa, lixei a massa, pintei usando um rolinho pequeno (não tinha do grande aqui em casa e não quis comprar um só pra isso). Deu um trabalhão, mas fiquei orgulhosa de mim mesma. Nunca antes tinha feito um trabalho assim e agora super acho que tenho capacidade de aprender a construir uma casa! Hahaha Esses trabalhos assim são viciantes, né? A gente faz uma coisinha aqui e ali e já acha que pode construir o mundo inteiro com as nossas mãos!

Na hora de escolher a cor, não tinha como ser outra: adooooro verde água. Escolhi aplicar adesivo de vinil, desses que a gente compra em papelarias maiores (pode até ser contact colorido, pra quem quer gastar ainda menos!). Como meu foco era gravação de vídeo, queria algo que refletisse luz pra dar um tchurururis a mais. Mesmo curtindo mais o rústico e colorido do que o sofisticado, adorei demaais o resultado!
Foi uma saga pra encontrar o adesivo cromado. Pensei em pintar com tinta, mas eu queria que brilhasse de verdade, tipo um espelho mesmo. Então, entrei em uma gráfica bem pequenininha aqui em Brasília pra perguntar se a pessoa lá saberia me indicar algum lugar. O moço que me atendeu era o dono da gráfica. Conversooooou um bocado. Me contou de quando ele chegou em Brasília, de quando abriu a loja, falou sobre os filhos dele, me ofereceu café.. e no final das contas, disse que tinha um pedaço de adesivo do jeito que eu queria! Era pra trabalhos da gráfica, mas já estava encostado lá há muito tempo. Me vendeu num preço bem amigo! A gente se despediu e eu fui feliz e saltitante pra casa, pra quebrar a cabeça e decidir em que formato eu cortaria aquele pedaço de adesivo!
Gosto de formas geométricas, mas queria inovar: Pensei em fazer algum padrão que lembrasse art deco, mas eles era complexos demais pro que eu queria. Então, achei que essa estampa era uma boa e caberia no tamanho de adesivo que eu tinha. Pronto! Fiz um molde em papel comum, desenhei tudo no verso do adesivo, cortei e fui colando de forma bem aleatória na parede! Fiquei apaixonada pelo resultado!

Acho que essa é uma opção bem barata, principalmente pra quem já tem uma parede colorida e quer dar um up!. Não tem mistério: é só cortar e sair colando. Não tenho nenhuma dica incrível, nada. Só um pouquinho de planejamento e boa vontade. :)
O ambiente ainda não está pronto! Ainda quero fazer uma luminária bonitinha e colorida pra pendurar no teto (ainda estou na dúvida sobre qual colocar! Se você tiver uma ideia genial, me avisa?), e quero também trocar essa cortina, que nada mais é do que uma toalha de mesa dobrada por cima do varão. Ainda não decidi se vai ser mais neutra ou se vai ter algumas cores. Sei que não quero vibrante demais, pra não ficar no meu campo de visão enquanto estou trabalhando. Você tem alguma ideia?
Me conta aí nos comentários?

16 fevereiro 2016

Sobre medo e superação de limites ♥

Ando bastante reflexiva esses dias (de um jeito que gosto de sentir), então acho que não tem como escrever sobre qualquer coisa que não seja o que tem tomado os meus pensamentos. Vai ter post assim de vez em quando mesmo. Acostumem-se. :P

Há dois anos, acho que não imaginaria de modo algum o lugar aonde estou agora. Não por falta de desejo ou planejamento, mas porque não me sentia confortável (ou corajosa) o suficiente pra colocar em prática e ver acontecer tudo o que eu gostaria! Nunca que pensei que fosse sentar na frente de uma câmera e gravar um vídeo com a minha cara lá aparecendo. Não imaginaria que fosse escrever assim abertamente sobre algo que sinto, já que me considero uma pessoa bastante fechada.

Com o tempo, experiência, estudo e auto conhecimento, percebi que tudo bem sentir medo, insegurança, receios.. nada de errado com isso. Mas, não tá tudo bem deixar de fazer as coisas que quero pra mim por conta desses sentimentos. Tenho tentado cada vez mais tomar decisões baseadas na pessoa que acredito ser e na que quero me tornar. Ainda assim, cada passo mínimo, pra mim é uma vitória! :)
E hoje eu vim compartilhar (morrendo de vergonha, só pra variar) com você o vídeo que fiz ontem com o meu irmão, pra participar do concurso de bolsa do curso da Marie Forleo, a B-School. Acompanho e admiro o trabalho da Marie há um bom tempo, e acho que o curso ia ser um ótimo complemento pra tudo o que venho estudando e desejando construir!

Mas gente! O vídeo era em inglês!! Morriiiiii pra fazer. Estava mega nervosa! Hahaha
Não costumo usar teleprompter para os vídeos em português, mas não tinha tempo pra eu decorar o texto que queria falar, então tive que usar (ou gaguejar eternamente, me atropelar nas palavras.. :P). Resolvi seguir meu próprio conselho que dou pra todo mundo e que é tão difícil de aplicar: não foquei na perfeição. Dei o meu melhor naquele momento e foi o que saiu! Fiquei feliz comigo mesma (e imensamente agradecida pelo meu irmão ter topado entrar nessa comigo)!
O concurso já tem quase 1000 inscrições, tem muita gente com histórias incríveis, ótimas ideias de negócio, então vai ser bem difícil. Mas, isso não importa tanto, já que a minha parte eu fiz! Mesmo que não ganhe a bolsa, já estou feliz. Terminei o dia ontem com a sensação de conquista, sabe? De ter superado mais esse medinho!

Me fala o que você acha disso tudo, de medo, de gravar vídeo, de zona de conforto, de empreendedorismo, TUDO! Tô agitada hoje! Vamos conversar?! Vamos vamos?!

14 fevereiro 2016

3 Aplicativos de Meditação para amar

Na metade do ano de 2008, comecei a estudar em um cursinho pré vestibular que ficava bem perto de um templo budista aqui de Brasília. Quem já fez cursinho e estudou como nunca, sabe que esse é um período de muito estresse e loucura na vida. Eu estava nessa.

Todos os dias à noite o meu pai me buscava para voltarmos para casa. Na época, ele já tinha começado a meditar com frequência e já tinha desenvolvido sua própria maneira e seu próprio ritual, mas queria conhecer outras formas de meditação também. Então, me fez o convite para conhecer o templo e acompanhar as meditações semanais guiadas que tinha por lá. Esse foi o primeiro contato que tive com meditação. Eu gostava da sensação de relaxamento e da tontura agradável (?) que sentia quando estava lá. O tempo passou, eu comecei o curso de Psicologia e nunca mais voltei a meditar com frequência.
Foi só no ano passado que eu voltei a essa prática que me faz tão bem! Conheci um aplicativo chamado 5 minutos. Achei a proposta de meditar por 5 minutos muito genial! Eu sempre me dava desculpas para não meditar com frequência. E uma delas era: tinha que me preparar pra isso, reservar um tempo maior. Mas, com o aplicativo, comecei a pensar diferente. Eram  cinco minutos por dia. Não precisava de nenhum material especial pra isso, nem de uma preparação incrível.
Fato é que desde o ano passado, tenho o costume de meditar pelo menos duas vezes na semana. É uma prática que me faz muito muito bem. Gosto de meditar logo antes de dormir e sinto que caio no sono muito rápido, mesmo nos dias mais agitados, e costumo dormir melhor também!

Por isso, hoje resolvi indicar três aplicativos que tenho usado. O primeiro deles é o próprio: Cinco minutos. Durante 5 minutos ele toca uma musiquinha agradável e ao final, uma campainha suave. Simples assim. Está disponível para Android e iOS, é gratuito.
Quando estou com a atenção mais dispersa, gosto de fazer meditação guiada e para isso uso dois aplicativos que me ajudam bastante a concentrar na respiração. Infelizmente não conheço um bom aplicativo em português. Os próximos dois que vou indicar são em inglês, e são maravilhosos!

O Calm tenho usado há bastante tempo e adoro. Eu uso a versão gratuita, mas existe a opção de pagar e desbloquear uma série de outras meditações guiadas. A que eu mais gosto no modo gratuito é a body scan. Ele está disponível para Android e iOS.
O último é o Headspace. Comecei a usar tem pouquíssimo tempo, mas já posso dizer que gostei demais da aparência dele e das meditações que acompanhei. Da mesma forma que o Calm, uso a versão gratuita, mas também há como pagar para ter acesso a mais áudios. Disponível para Android e iOS.
Você também tem o costume de meditar ou tem vontade de começar? Me indica algum outro aplicativo? Me conta nos comentários! Vamos conversar! :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...